Eduardo Costa fala sobre DVD gravado em Curitiba, que teve câmeras de cinema

- Atualizado às 20:15
Por - Lucas Sarzi
Eduardo Costa disse amar Curitiba e que já quer voltar para lançar o DVD.
Eduardo Costa disse amar Curitiba e que já quer voltar para lançar o DVD. (Foto: Lucas Sarzi.)

Ele tem 20 anos de história na música, mas não é daqueles artistas que grava um DVD por ano. Para Eduardo Costa, precisa haver novidade para surgir a necessidade de se registrar um conteúdo audiovisual que vá marcar. E foi pensando nisso que ele resolveu, em janeiro deste ano, gravar seu quarto DVD da carreira em Curitiba, no Teatro Positivo. Ainda sem data para lançar, o projeto veio com uma pegada bem tecnológica e misturou o som de Eduardo Costa a um repertório bem variado de músicas já conhecidas do público.

"Todo DVD é gravado em São Paulo, Minas Gerais, Goiás e é maravilhoso. Eu tenho DVD gravado em alguns destes lugares, embora não tenha muitos projetos, não sou do tipo de artista que grava DVD todo ano. Mas percebo que a música sertaneja prestigia pouco o Sul do Brasil, principalmente o Paraná", explicou Eduardo Costa sobre sua ideia de trazer toda a estrutura para Curitiba.

+Leia também: Luan Santana vem a Curitiba em março com show da turnê VIVA

Segundo o cantor, o Paraná é o estado que mais valoriza o sertanejo no Sul do país. "É onde a gente mais faz show, trabalhamos muito aqui e pelo tanto que sou apaixonado por Curitiba, onde tenho amor pela cidade que é referência para outras do Brasil, queria gravar aqui para marcar mesmo minha carreira, minha vida, minha história. É o quarto DVD, pois meu último projeto, feito na fazenda, não conto porque não tinha público".

Feliz, Eduardo Costa até brincou que estava apaixonado pela cidade, mas por um motivo especial. "Estou muito feliz em fazer este DVD em Curitiba, principalmente pela história que a cidade tem comigo e pela grandiosidade das pessoas. Mas falei que vou casar em Curitiba, tomara que aconteça igual foi com o DVD. Aí me mudo pra cá". Veja a entrevista completa em vídeo: 

Mistura boa!

No repertório, além de três músicas ineditas, Eduardo Costa misturou um pouco de outros estilos musicais, trazendo, claro, sua pegada sertaneja. "Tenho muita intimidade, escuto de tudo, não tenho preconceito musical. Ouço rock, jaz, blues, funk, samba, pagode. A minha música predileta é a flamenca, a sigana, mas o sertanejo está impregnado em mim, então este gênero eu nem conto".

O cantor comentou que, embora seja do sertanejo, tenha em si a essência da música caipira, não se prende a um estilo só. "Claro que quando pego um violão, a primeira coisa que sai é alguma coisa caipira. Mas quando começo a ouvir música, gosto de misturar bem o que eu vou ouvir, do rock a música mais calma, bossa nova, por exemplo. Sou totalmente eclético e o que eu fiz, para este projeto, foi trazer aquelas coisas do rock, que é Kid Abelha, Raul Seixas, para a minha pegada", adiantou.

Eduardo Costa em coletiva de imprensa na gravação do DVD. Foto: Lucas Sarzi.

Câmeras de cinema

Embora ainda não tenha data de lançamento, o novo DVD de Eduardo Costa vem com um cenário bem tecnológico, que transformou o palco do Teatro Positivo. Além da estrutura, a equipe do sertanejo também inovou: a gravação foi feita inteira com câmeras de cinema, algo inedito no país.

+Leia também: Comemorando dez anos de carreira, Matheus & Kauan lançam festa que tem dois shows num só

A gravação, com ingressos esgotados, surpreendeu o cantor, que disse querer voltar logo com a turnê deste novo projeto. "Com certeza vamos voltar para Curitiba para lançar o DVD. Queremos fazer pelo menos duas noites de shows, para todo mundo que não conseguiu ingresso para a gravação poder assistir", comentou ele, confirmando ainda não ter data de lançamento justamente pela estrutura empregada na produção.

"Como foi filmado com câmera de cinema tem uma certa dificuldade com edição, mas vamos lançar logo e a ideia é justamente trazer a mesma estrutura pelo menos a Curitiba. Já para a estrada vamos adaptar um pouco".

Comentários

© 2020 Qualé